‘Correria da Bahia’ usa criatividade para driblar desemprego

Ele vende de salgado a geladinho. Lícia Fontenele

Você pode gostar...